Há diversos frameworks a disposição dos executivos de TI, isto é bom e ao mesmo tempo ruim, pois gera uma confusão sobre qual é o melhor framework no suporte a tomada de decisão. Por este motivo, resolvi fazer este ‘post’, onde na minha visão o COBIT (www.isaca.org) é uma excelente ferramenta para os gestores, pois no framework COBIT é possível mapear praticamente todo ‘ecosistema’ de controles de governança. Os domínios, que eu prefiro chamar de ‘macro processos’ baseados no modelo PDCA, cobre a TI, desde o planejamento estratégico de TI (o PO1, no COBIT) até o monitoramento de resultados, riscos e alinhamento estratégico, passando pelas compras, projeto, implantanção e suporte.

Há dificuldade que eu vejo é a falta de cultura dos nossos executivos em tomar decisão baseada em indicadores e não somente na percepção pessoal. A adoção do framework pode ser gradativa, focando nos aspectos mais importantes para sua tomada de decisão, há diversos KPIs (indicadores de performance) que no mínimo servem de inspiração para uma gestão mais efetiva e pró-ativa.

O COBIT não é um ‘mero’ framework para ‘compliance’ e sim um grande guia para sustentar as tomadas de decisões para o dia a dia dos executivos de TI.