É incrível como a maioria das pessoas pensam que o mapeamento do processo se resume ao fluxo.

No treinamento que ministro sobre Modelagem de Processos, um dos pontos em que gastamos um bom tempo é explicando o que compõe um processo, os atributos de um processo.

Fluxo faz parte do conjunto de atributos de um processo.

Quando iniciamos um trabalho de modelagem, é incrível como todos os envolvidos ficam ansiosos para visualizarem o fluxo!

Parece que enquanto o fluxo não tiver pronto não existe modelagem!

Entendo que o fluxo é uma representação material do processo e facilita muito seu entendimento e execução, mas não podemos parar nele.

Para desenhar um fluxo é preciso todo um árduo trabalho de envolvimento das áreas que compõem o processo, busca de documentos, informações, regras de negócio e procedimentos para entender o processo.

Uma vez entendido o contexto, escopo, interfaces, regras e envolvidos é que se começa a desenhar o tão esperado fluxo.

O fluxo é a representação gráfica de todos estes elementos de forma detalhada em atividades, eventos, gateways e demais artefatos.

Link:  

Fluxos dos processos